Ferida no rosto: é herpes? Doenças e causas mais comuns.

Muitas pessoas não ficam atentas para o aparecimento de feridas no rosto, por isso algumas manchas, verrugas e lesões passam despercebidas por um longo tempo – até que uma consulta no dermatologista aponte alguma complicação de saúde. Veja aqui o que pode ser essa ferida no rosto.

Você sabia que uma ferida cutânea ou das mucosas geralmente cicatriza em um período de 4 a 6 semanas? Se você sofre com uma ferida e já se passou um bom tempo para esta cicatrização, está na hora de rever seus conceitos e procurar um médico!

Entenda hoje sobre esse assunto:

  1. Feridas na pele e suas causas,
  2. Feridas no rosto,
  3. Doenças que afetam o sistema imunológico,
  4. Especificações sobre a herpes.

E mais outros detalhes sobre esse problema!

› › › Clique Aqui e Conheça uma Forma 100% NATURAL para Eliminar a Herpes

O que são feridas na pele? Por que aparecem?

Causas comuns de feridas no rosto

As feridas na pele são interrupções na continuidade da pele, normalmente causadas por traumas, cirurgias, acidentes ou certas doenças.

Uma ferida pode ser classificada como aguda – quando são recentes, superficiais ou de fácil tratamento – ou como crônica, isto é, quando há maior dificuldade de cicatrização e há reincidência dela.

Como comentado anteriormente, uma ferida demora algum tempo para cicatrizar completamente, já que ela acaba passando por três etapas:

  1. O processo inflamatório, caracterizado pela sensação de calor, dor e rubor,
  2. O processo de granulação: é a formação do tecido base para que aconteça a cicatrização, e
  3. O processo de maturação, quando há a reconstituição da pele.

Uma ferida quando está se curando irá reduzir no tamanho e na própria dor. Porém, algumas feridas podem acabar infeccionando – pus na ferida e febre, além do aumento da dor, calor e rubor ao redor do local indicam que algo não está indo bem com a ferida.

Quando aquele período de tempo para cicatrização extrapola ou quando feridas no rosto aparecem de maneira irregular e “do nada”, é importante que ocorra uma investigação. Para isso, procurar um capacitado médico dermatologista é o passo inicial.

Feridas no rosto: o que você precisa saber!

Qualquer lesão que aparecer no rosto não só afeta a autoestima como afeta o modo como as outras pessoas nos enxergam. Afinal, querendo ou não, se existe alguma doença de pele há preconceito, especialmente quando há pouca divulgação acerca desse problema que a pessoa carrega.

Obviamente que feridas no rosto podem ser decorrentes da acne – uma espinha cresce quando os poros (os pequenos orifícios na pele) se entopem por conta de uma substância chamada sebo. Esta é uma das doenças de pele mais comuns, com uma estimativa que 80% da população já tenha passado por esta ocorrência pelo menos em algum momento da vida.

Além da acne, outras doenças comuns são a eczema, o impetigo e a varicela.

Entretanto, nem tudo são “flores” ao tratar sobre feridas no rosto. Há muitas doenças que danificam o sistema imunológico e que provocam o aparecimento de feridas na face como um dos primeiros sintomas, também de maneira irregular e de uma hora para outra.

Você tem ideia de quais são?

Principais doenças relacionadas a feridas no rosto

Doenças que podem causar feridas no rosto

Com a ajuda de um dermatologista, é possível diagnosticar uma possível doença que se apresenta logo “de cara” com feridas no rosto e infelizmente atrapalham a qualidade de vida e a autoestima da pessoa.

Como dito anteriormente, está na hora de prestarmos mais atenção para quaisquer manchas, verrugas ou lesões que encontrarmos, pois elas podem ser sinais de algo mais grave.

Assim, as feridas no rosto podem esconder algumas doenças que são autoimunes, isto é, aquelas em que o sistema imunológico acaba atacando e destruindo os tecidos saudáveis do corpo por engano.

› › › Clique Aqui e Conheça uma Forma 100% NATURAL para Eliminar a Herpes

Existem muitas doenças que podem provocar feridas no rosto, mas algumas se destacam por serem mais conhecidas. Veja só quais são:

  • Câncer de pele;
  • Epidermólise bolhosa;
  • Herpes;
  • Sífilis;
  • HPV;
  • Lúpus;
  • Psoríase;
  • Vitiligo.

Para se ter uma ideia, o câncer, a sífilis, o lúpus, a psoríase e o vitiligo são doenças autoimunes. O HPV é uma infecção causada pelo vírus papiloma humano, sendo classificado como uma Doença Sexualmente Transmissível, assim como a sífilis.

A Epidermólise bolhosa é uma complicação rara e de causa genética e hereditária, caracterizada pelo aparecimento de bolhas dolorosas em áreas de maior atrito e nas mucosas.

Sobre o herpes

O herpes é outra doença que provoca feridas no rosto e merece destaque. Existem muitas dúvidas sobre como se pega herpes, quais são os sintomas do herpes ou ainda quais são os tipos de herpes.

Essas questões estão facilmente respondidas para você abaixo, já que você pode ser portador da doença ou mesmo conhecer alguém que a possui.

O que é Herpes

O herpes é uma infecção viral e que se dá pelo aparecimento de pequenas bolhas ao redor dos lábios e/ou dos genitais, porém também é comum aparecer em qualquer outra parte do corpo.

Tipos do Herpes

O herpes é causada pelos vírus tipo 1 e tipo 2.

O herpes tipo 1 está normalmente relacionada a infecções dos lábios, boca e face e pode ser adquirida ainda na infância. Já o herpes tipo 2 provoca coceira e bolhas (ou mesmo úlceras) e feridas genitais, sendo em geral transmitida sexualmente.

Juntamente com esses dois tipos, pode-se destacar o Herpes Zoster – que é muito classificada como tipo 1 – e que pode acometer qualquer parte do corpo.

Sintomas do herpes

De maneira rápida, os sintomas principais e os sinais do herpes simples são as próprias bolhas (aftas ou úlceras) pequenas que surgem na boca, lábios, gengivas ou nos genitais, bem como:

  • Febre, quando há o primeiro episódio de infecção,
  • Lesões genitais ou orais que começam com sensação de formigamento ou queimação,
  • Nódulos linfáticos crescidos no pescoço ou na virilha (que em geral acontece somente no momento inicial da infecção).

E a pergunta clássica: como se pega herpes?

Causas comuns de se pegar herpes

O herpes genital, obviamente, pega-se através da via sexual, quando uma pessoa está com lesões ativas (com feridas eliminando secreção). Na gravidez, caso uma mulher apresente lesões de herpes, é possível que o bebê possa ser infectado e desenvolva sequelas muito graves ou até mesmo vir a falecer, por conta de sua baixa imunidade.

› › › Clique Aqui e Conheça uma Forma 100% NATURAL para Eliminar a Herpes

Assim, o contato direto com as secreções das lesões pode fazer com que outras pessoas possam se contaminar com a doença, tal como compartilhar peças como talheres ou roupas, por exemplo.

Como o foco é diagnosticar o seu problema de feridas no rosto, é melhor você procurar um profissional de dermatologia para que ele realize os exames necessários e veja qual é o seu real problema.

Nunca tire conclusões precipitadas e apressadas e não espere caso note novas feridas surgindo em seu rosto, ok?


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply