Herpes Genital: tratamento, remédio, existe cura?

Lesões no órgão genital masculino podem ser quaisquer feridas que aparecem no pênis, nos testículos, na uretra ou em qualquer outra região próxima dessa parte do corpo. São problemas comuns que podem ter várias causas e que afetam todas as idades do homem. As mais perigosas são de origem sexual, as chamadas DSTs (Doenças Sexualmente Transmissíveis), algumas delas podem ser até mesmo a herpes genital.

As DSTs mais comuns são as seguintes:

  • Herpes genital;
  • Uretrite;
  • HPV;
  • Clamídia;
  • Gonorreia;
  • Sífilis;
  • Aids.

Há também os chamados granuloma inguinal e granuloma linfoide venéreo, que também podem causar úlceras na região genital do homem. Confira as outras principais causas que podem levar ao surgimento deste tipo de lesão:

  • Verrugas venéreas;
  • Molusco contagioso;
  • Reações alérgicas;
  • Anomalias congênitas;
  • Doença de Behcet;
  • Câncer de pênis;
  • Doença de Peyronie;
  • Fimose;
  • Úlceras genitais;
  • Balanite.

Herpes: uma DST altamente perigosa

Como a herpes genital se manifesta no organismo

O herpes genital é uma DST cujo contágio acontece por meio de vírus, transmitido por relação sexual sem proteção e ataca a pele principalmente das áreas genitais. Por causar muito incômodo, o herpes é uma das doenças mais temidas por quem tem a vida sexualmente ativa.

O herpes genital pode ser transmitido por dois tipos diferentes de vírus:

  • HSV- 1 – Vírus do herpes simples tipo 1;
  • HSV- 2 – Vírus do herpes simples tipo 2.

O vírus HSV-1 é mais comumente encontrado na boca e passado para a região genital durante o sexo oral. E o HSV-2 é comumente encontrado na região da vagina.

A forma mais comum de transmissão do herpes genital e seus dois tipos de vírus é por contato com a pele de um paciente infectado. Na fase ativa da doença, acontece o surgimento de lesões visíveis em formas de erupções e bolhas.

Mas mesmo quando não ocorra nenhum tipo de lesão aparente, há o perigo de transmissão da doença. Isso faz com que o indivíduo não saiba que está infectado com o vírus do herpes genital. O contágio também pode ocorrer por meio da saliva e fluidos vaginais do indivíduo infectado.

Quais são os sintomas do herpes

Grande parte dos indivíduos infectados com herpes genital pode não apresentar sintomas. Quando eles aparecem, os mais comuns são:

  • Ínguas que causam sensibilidade na área da virilha;
  • Manchas vermelhas e bolhas esbranquiçadas;
  • Irritações e dores de dois a dez dias depois da contaminação;
  • Feridas em diversas partes do corpo como vagina, colo do útero, pênis, saco escrotal, uretra, ânus, coxas, nádegas e boca.
  • Formação de cascas no momento da cicatrização;
  • Pequenas bolhas agrupadas nas regiões genitais;
  • Dor e possível sangramento ao urinar;

Crises da doença

Como acontecem as crises de herpes

Esses sintomas podem desaparecer e aparecer de novo em crises. Esses estágios costumam acontecer uma vez por ano. Nessas crises, o paciente geralmente sente muita irritação na região genital, cansaço e estresse emocional.

Tratamento do herpes

O tratamento mais comum é feito por meio de antivirais orais, combinados com o uso de pomadas, que aliviam os sintomas e curam as lesões na pele. A duração do tratamento é determinada pelo médico de acordo com o quadro de cada paciente.

Como em outras doenças virais e bacterianas, o tratamento deve ser seguido até o fim, a fim de eliminar os sintomas e diminuir as chances de transmitir o vírus para outras pessoas.


Ajude a melhor ainda mais o site, avalie:

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Leave a Reply